The Latest

Ago 20, 2014 / 83 473 notas
Ago 20, 2014 / 90 452 notas
As pessoas só te tratam bem quando você tem algo para oferecê-las.
Desconhecido.   (via sucedas)

(via sucedas)

Ago 20, 2014 / 3 578 notas
Ago 16, 2014 / 92 372 notas
Ago 16, 2014 / 202 586 notas

(via estanteazul)

Ago 16, 2014 / 731 459 notas

(via estanteazul)

Ago 10, 2014 / 230 602 notas
Já falei tantas vezes: palavra é a coisa mais séria que existe na minha vida. Por favor, não me engane. Por favor, não me enrole. Por favor, não me minta. Quando eu confio, confio de corpo, alma, coração. Não faça com que eu perca essa pureza. Entende? Confiar é se entregar. Dar a palavra é assinar um contrato imaginário: minha alma não vai ferir a sua. Por favor, dê valor para as suas palavras.
Clarissa Corrêa.   (via thiaramacedo)

(via thiaramacedo)

Ago 10, 2014 / 5 898 notas
Ago 10, 2014 / 238 787 notas
Eu não sei o que é mais difícil, ir embora ou ficar. É como se alguém me soltasse em uma livraria e falasse “Só pode escolher um livro.
Thiara Macedo (sdpm)

(via thiaramacedo)

Ago 4, 2014 / 6 711 notas
Ele te deixa, e a única coisa que sobra dele com você é a esperança de um dia o telefone tocar e ser ele. Então você fica ali, esperando, agarrada no telefone como se fosse a coisa mais importante do mundo - e no momento é. Olha que surpresa, o telefone toca. Você a principio atende como uma desesperada, e se decepciona em seguida por saber que é sua vizinha te pedindo um pouco de açúcar emprestado. Você tenta ser educada o máximo possível, mas quer desligar logo para que a linha não esteja ocupada caso ele ligar. Depois de uns 40 minutos, o telefone toca outra vez. Você tá longe, mas para conseguir atendê-lo no segundo toque, sai correndo atropelando tudo pela frente. Consegue, mas infelizmente não é ele, é a sua mãe perguntando se você já comeu. Que mãe liga para a filha só para perguntar se já comeu? A sua liga, mas você não ta com tempo para responder todas aquelas perguntas bestas que todas as mães sempre fazem, e só diz que tá ocupada e precisa desligar. E desliga. Demorou 2 dias para o telefone tocar outra vez, é sua operadora, e você desliga. No outro dia, toca, toca, toca, e você ta no banho, tenta sair do banho o mais rápido possível para chegar até o telefone, mas quando vai atender, para de tocar. Ai toca mais uma vez, e infelizmente é a sua amiga só pra contar sobre o fulano lá que ela tá a fim, e você demonstra interesse sem estar nenhum pouco interessada. 3 horas depois ela desliga. Você já ta perdendo a paciência, e quer mais que o telefone se exploda. Literalmente. No dia seguinte, ele só tocou uma vez, e caiu. No outro dia, você já não se importa tanto com o telefone quanto antes, e ele já não é mais sua prioridade. Se tocar, tocou. Se você atender, atendeu. Não fazia mais diferença, porque suas esperanças haviam sido assassinadas por você mesma, porque no fundo, você estava cansada de tudo. Passado 30 dias depois do acontecido, seu telefone toca, e olha que merda, era ele. Você fala alô, ele fala alô. Você reconhece a voz, e seu corpo petrifica. Silêncio absoluto que dura uns 10 minutos mais ou menos, até ele quebrar e perguntar “Como você está?”, e você só responde “Bem”, curta e grossa, sem ter que prologar a conversa e nem nada, só “Bem”. Ele solta em seguida “Sinto a sua falta”. Filho da puta! Você passa 30 dias esperando a pessoa te ligar, só para dizer “Sinto a sua falta”? É isso mesmo? Esperou tanto por nada? Sofreu tanto por nada nada? Se desesperou tanto por nada? Então você começa a se sentir minuscula, incapaz, ridiculamente idiota perto de toda a situação. Quer chorar, mas não chora. Quer xingar, mas não xinga. Quer enlouquecer, mas não enlouquece – quero dizer, não mais do que já enlouqueceu esse tempo todo. E só fica parada, ouvindo a respiração de ambos por mais 5 e longos minutos, até dizer com muito esforço “Tarde demais.” Tu… tu… tu… Foram os “tu’s” mais eternos da sua vida. E logo pensa, “Esperar cansa.”
Thiara Macedo (sdpm)

(via thiaramacedo)

Ago 4, 2014 / 4 801 notas
O meu gosto é tão simples. Se não faz rir, não quero.
Soulstripper. (via thiaramacedo)

(via thiaramacedo)

Jul 29, 2014 / 2 610 notas
Se eu pudesse, pegava a dor; colocava a dor dentro de um envelope e devolvia ao remetente
Mario Quintana  (via thiaramacedo)

(via thiaramacedo)

Jul 29, 2014 / 465 notas
A gente sempre espera por aquela pessoa que não vai voltar, por uma ligação que não vão retornar, por um “adeus” pedindo para ficar, e por um coração capaz de perdoar.
Thiara Macedo (sdpm)

(via thiaramacedo)

Jul 29, 2014 / 8 932 notas
Jul 29, 2014 / 210 844 notas